Embaixador da China pede à UE para aprofundar relações com Pequim - Plataforma Media

Embaixador da China pede à UE para aprofundar relações com Pequim

O chefe da missão da China junto da UE, embaixador Zhang Ming, pediu esta quarta-feira a Bruxelas para aprofundar as relações bilaterais, e disse esperar que o desejo de autonomia estratégia da União Europeia guie a sua política externa no futuro.

Falando num “think tank” da instituição “Friends of Europe” (Amigos da Europa), o embaixador Zhang Ming lembrou que a UE é o maior parceiro comercial da China, embora ambos sejam, paralelamente, concorrentes.

Em dezembro de 2020, a UE e a China assinaram um acordo de investimento, mas Bruxelas também expressou preocupação com a liberdade de expressão, a intimidação de jornalistas e a detenção de defensores dos direitos humanos, advogados e intelectuais na China.

“A China e a UE são parceiros abrangentes e estratégicos com 45 anos de relações diplomáticas. A relação China/UE resistiu ao teste do tempo e tem uma base sólida e um valor próprio. Não está ligada a nenhuma outra relação importante com o país”, argumentou Zhang Ming.

O diplomata chinês referiu que a UE é uma “forte defensora da autonomia estratégica e da cooperação aberta” e disse esperar que “esse espírito continue a guiar a política externa da UE e a contribuir para a estabilidade e o desenvolvimento mundiais”.

Leia mais em Hoje Macau

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoPolítica

Compromissos ambientais para concluir acordo UE/Mercosul podem ser ultrapassados

Hong KongPolítica

Deterioração de situação política e institucional em Hong Kong limita “espaço democrático”

ChinaHong Kong

Princípio “Patriotas a governar Hong Kong” debatido em Pequim

MundoPortugal

Pordata com indicadores estatísticos da Agenda 2030 do Desenvolvimento Sustentável

Assine nossa Newsletter