UE: Acordo para reconhecimento mútuo dos testes rápidos facilita circulação - Plataforma Media

UE: Acordo para reconhecimento mútuo dos testes rápidos facilita circulação

O primeiro-ministro português, António Costa, afirmou esta quinta-feira que os líderes europeus chegaram a acordo para o reconhecimento mútuo dos testes rápidos da covid-19, adiantando que este passo facilitará “a confiança” na liberdade de circulação no espaço europeu.

“Houve uma decisão muito importante que foi o reconhecimento mútuo dos testes rápidos de antigénio”, sem necessidade de equipamento laboratorial, declarou em conferência de imprensa, em São Bento, o líder do executivo português.

Segundo o primeiro-ministro, o acordo permite “a confiança de todos na liberdade de circulação dentro da União Europeia, passando também a existir, igualmente, uma metodologia comum por todos reconhecido para a realização de testes de antigénio”.

Este compromisso é o primeiro a ser alcançado durante a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia.

Artigos relacionados
ChinaPolítica

Governo português defende “relação madura” com a China, apesar de “rivalidade sistémica”

Política

Défice. Bruxelas quer prolongar a suspensão da austeridade em 2022

MundoSociedade

Covid-19: Debaixo de críticas, Bruxelas quer agilizar candidaturas de vacinas

MundoPolítica

UE vai apresentar resolução contra o Irão na AIEA

Assine nossa Newsletter