O casal Biden esperou para entrar à porta da Casa Branca. O "porteiro" fora demitido horas antes - Plataforma Media

O casal Biden esperou para entrar à porta da Casa Branca. O “porteiro” fora demitido horas antes

O novo governo dispensou o administrador da Casa Branca que havia trabalhado num hotel de Trump. Resultado: Joe e Jill Biden tiveram de esperar uns segundos junto à entrada da Casa Branca até alguém abrir os portões

Foi o momento culminante da transferência de poder: o presidente Joe Biden e a primeira-dama, Jill Biden, percorreram o caminho de acesso à sua nova residência na noite da quarta-feira (20), subiram os degraus da Casa Branca para chegar ao Pórtico Norte, acenaram para a multidão enquanto uma banda militar tocava “Hail the Chief”, se voltaram para entrar –e deram de cara com uma porta fechada.

Sob os olhares atentos do mundo e enquanto um grupo de familiares dos Biden se aproximava atrás deles, o primeiro casal esperou.

O presidente deveria abrir ele próprio as duas grandes metades da porta? Teria o ex-presidente Donald Trump, que deixara a Casa Branca oito horas antes, o trancado para fora?

A porta foi aberta logo depois, e os Biden entraram. O momento embaraçoso durou apenas alguns segundos –cerca de dez—, mas não passou despercebido em Washington.

“Houve uma quebra do protocolo quando as portas não foram abertas para a primeira família em sua chegada ao Pórtico Norte”, disse Lea Berman, que foi secretária social do presidente George W. Bush na Casa Branca.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
MundoPolítica

Biden acelera combate ao coronavírus nos Estados Unidos

MundoPolítica

Biden dá início a plano sobre mudanças climáticas às custas do Canadá

MundoPolítica

México aplaude suspensão de muro fronteiriço decretada por Biden

MundoPolítica

Biden na tomada de posse com uma promessa: "Nasceu um novo dia na América". Ao vivo

Assine nossa Newsletter