Casos da variante inglesa a "aumentar significativamente" em Portugal - Plataforma Media

Casos da variante inglesa a “aumentar significativamente” em Portugal

Relatório do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge calcula em 70% a taxa de crescimento entre o início de dezembro de 2020 e o início deste mês.

Aproporção de casos da variante inglesa do SARS-CoV-2 está a “aumentar significativamente” em Portugal, revela um relatório do INSA, que calcula em 70% a taxa de crescimento entre o início de dezembro de 2020 e o início deste mês.

O relatório do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), avançado pela Rádio Renascença e publicado no site virological.org, alerta que se não se existirem alterações na taxa de aumento da variante detetada no Reino Unido, a proporção dessa variante no total de casos em Portugal pode atingir 60% na primeira semana de fevereiro.

O Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge e a empresa de laboratórios Unilabs desenvolveram uma ferramenta para monitorizar e sinalizar em tempo real a prevalência e a distribuição geográfica em Portugal da variante do coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, detetada no Reino Unido, permitindo uma melhor atuação das autoridades de saúde pública.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Número de mortes diárias cai para 49. Há 1160 novos casos de Covid-19 em Portugal

PolíticaPortugal

Plano de desconfinamento que circula nas redes sociais é falso, diz governo

ChinaSociedade

Duas novas vacinas chinesas contra a Covid

MundoSociedade

Taiwan alivia restrições. Aeroporto retoma escalas

Assine nossa Newsletter