Desde o início da pandemia que não iam tantos doentes às Urgências - Plataforma Media

Desde o início da pandemia que não iam tantos doentes às Urgências

Há dez meses que não se via igual. A procura dos serviços de urgência hospitalares disparou na passada segunda-feira. Houve mais de 34 mil episódios de urgência, um número recorde desde que a covid-19 chegou ao país e afastou as pessoas dos hospitais.

Foi uma das segundas-feiras mais complicadas nos serviços de urgência hospitalares de norte a sul desde que a pandemia se instalou no país.

No total, o número estimado de episódios de urgência atendidos ontem atingiu os 34.204, segundo o Portal do SNS. O gráfico, que faz a monitorização diária da procura dos serviços, revela que desde 2 de março de 2020 (data do primeiro diagnóstico de covid) que o número não era tão elevado (35.552). O valor total reflete o somatório dos episódios dos serviços de urgência e uma estimativa daqueles atendimentos nos hospitais que não reportaram informação.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Portugal passa os 10 mil mortos por covid-19 em dia de novos máximos

EconomiaPortugal

"As medidas deviam ser equilibradas. Fez-se muita coisa para português ver"

PortugalSociedade

Portugal só recebe metade das vacinas da AstraZeneca previstas para fevereiro e março

PortugalSociedade

Variante da África do Sul da covid-19 detetada em Portugal

Assine nossa Newsletter