Banco Mundial aprova programa de 8ME para São Tomé e Príncipe - Plataforma Media

Banco Mundial aprova programa de 8ME para São Tomé e Príncipe

O Banco Mundial aprovou um programa de 10 milhões de dólares (8,1 milhões de euros) para apoiar a resposta do Governo de São Tomé e Príncipe aos impactos sociais e económicos da pandemia de covid-19, foi hoje anunciado.

“O Conselho de Administração do Banco Mundial aprovou uma Operação de Política de Desenvolvimento (DPO) de 10 milhões de dólares para São Tomé e Príncipe (STP) para apoiar a resposta do governo ao impacto humano e económico da pandemia de covid-19, bem como reformas setoriais e económicas”, adianta a instituição em comunicado.

De acordo com o diretor do Banco Mundial para o país, Jean-Christophe Carret, o programa representa a “reafirmação do compromisso do Banco Mundial em apoiar São Tomé e Príncipe para superar os constrangimentos impostos pela covid-19”.

“A operação concentra-se nas principais reformas estruturais que são críticas para alcançar um crescimento sustentado e inclusivo: investimento eficiente em capital humano, criação de empregos e redução da pobreza”, acrescentou.

Segundo o Banco Mundial, a pandemia de covid-19 “afetou severamente” a economia de São Tomé e Príncipe, principalmente em perdas no turismo, com consequências nos serviços fornecidos à população.

“Apesar de ter tomado medidas atempadas para evitar o alastramento de casos de covid-19 nas ilhas, o país sofreu um surto significativo, que teve grande impacto”, apontou o Banco Mundial, estimando que a economia são-tomense venha a sofrer “uma retração profunda” em 2020, com uma contração do Produto Interno Bruto (PIB) na ordem dos 6,5 por cento.

São Tomé e Príncipe registou desde o início da pandemia 1.009 casos de infeção pelo novo coronavírus, de que resultaram 17 mortos.

Assine nossa Newsletter