Pandemia fez crescer abusos sexuais contra crianças - Plataforma Media

Pandemia fez crescer abusos sexuais contra crianças

Nos primeiros meses da pandemia as denúncias diminuíram, mas depois começaram a surgir mais casos do que antes.

A pandemia fez aumentar os casos de abusos sexuais contra crianças. O aviso é do coordenador de investigação criminal da Polícia Judiciária (PJ) para estes casos na região de Lisboa e Vale do Tejo. José Matos explica à TSF que até agora, em 2020, já detiveram 52 suspeitos de abusos sexuais, mais do que em todo o ano de 2019 (48), e cerca de 80% estavam ligados a casos de alegados abusos contra menores, uma proporção muito superior ao que acontecia no passado.

No país já foram abertos, este ano, cerca de 600 inquéritos por abusos sexuais e a proporção de casos a envolver crianças volta a ser semelhante (75% a 80%).

O coordenador para esta área na região da capital recorda que há muito que se sabe que a maioria dos abusos a menores acontecem “em meio familiar ou de proximidade física com a vítima” como “vizinhos, conhecidos ou supostos amigos”.

“Este ano aumentaram os crimes sexuais contra crianças” e, pelo contrário, continua o responsável da PJ, com o fecho de bares e discotecas diminuíram os casos de abusos contra adultos. José Matos associa estas tendências à Covid-19 e ao confinamento.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
MundoSociedade

Mais de 81 mil queixas de abuso sexual contra escoteiros dos EUA

LifestyleMundo

Matthew McConaughey fala sobre ter sido molestado por homem quando tinha 18 anos

BrasilSociedade

Em nova acusação contra guru da meditação, mais quatro mulheres citam abusos

SociedadeTimor-Leste

Polícia timorense deteve suspeito de matar mulher que defendia filha de violação

Assine nossa Newsletter