Mais de 50 pessoas foram decapitadas por terroristas num campo de futebol em Cabo Delgado - Plataforma Media

Mais de 50 pessoas foram decapitadas por terroristas num campo de futebol em Cabo Delgado

Militantes islâmicos radicais transformaram um campo de futebol numa aldeia em campo de execução. Mais de 50 pessoas foram decapitadas


Mais de 50 pessoas foram decapitadas em Cabo Delgado, no norte de Moçambique, por terroristas islâmicos, noticiam os media estatais citados pela BBC . Segundo relatos locais, os radicais transformaram um campo de futebol num campo de execução onde decapitaram e esquartejaram corpos.

Não é a primeira vez que os jihadistas que operam nesta região moçambicana usam este método. Há uns meses decapitaram dezenas de jovens de aldeias de Cabo Delgado que se recusaram a entrar nas fileiras das suas brigadas islâmicas.

Este terá sido o último ataque a ser levado a cabo numa estratégia de terror que dura há três longos anos em Cabo Delgado. Mais de 2000 pessoas foram mortas e 430.000 fugiram das suas casas num conflito que atinge uma região maioritariamente muçulmana mas que era pacífica. É neste momento a região mais rica de Moçambique devido aos projetos de gás natural.

Os grupos de militantes radicais estarão ligados ao Estado Islâmico, que ali terá fixado um bastião da sua guerra santa sem escrúpulos.

Related posts
MoçambiqueSociedade

Deslocados de Cabo Delgado avançam para sul e já chegam a Sofala

MoçambiqueSociedade

Ataques: Mocímboa da Praia nas mãos de insurgentes e cenário geral "grave"

EntrevistaMoçambique

Entrevista Plataforma: “Quem puder ajude-nos” – o apelo do Bispo de Pemba, uma cidade superlotada

MoçambiquePolítica

Ministro do Interior diz que situação continua complexa em Cabo Delgado

Assine nossa Newsletter