Boavista surpreende e vence Benfica por 3-0 no Bessa - Plataforma Media

Boavista surpreende e vence Benfica por 3-0 no Bessa

O Boavista até começou a perder, mas o golo foi invalidado por posição irregular. Até ao final, os axadrezados marcaram por três vezes e deixaram o Benfica no segundo lugar do campeonato. Primeira vitória do Boavista, primeira derrota do Benfica.

No encontro de encerramento da sexta jornada, o invencível Benfica visitou o Boavista sem vitórias. Avizinhava-se um jogo com desfecho previsível e, aos 10 minutos, o golo de Darwin Nuñez apenas confirmava as previsões. O VAR reviu o lance e anulou por fora de jogo.

Meia dúzia de minutos passaram e, numa jogada em que a defesa do Benfica deixou fintar sucessivas vezes na sua área, acabou por haver uma falta que levou o árbitro a apontar para a marca de grande penalidade. Angel Gomes marcou e colocou os da casa na frente.

O Benfica tentava empatar, mas Leo Jardim ia mantendo a baliza inviolável, do outro lado, Vlachodimos também impedia que a vantagem fosse mais dilatada. Até ao minuto 38. De novo, a defesa dos encarnados a deixar que os axadrezados se aproximassem da área e, num lance de triangulação, o pé esquerdo de Elis levou o Boavista a ganhar por 2-0 para o intervalo.

Pizzi ainda fez o gosto ao pé, mas Hugo Miguel apitou e anulou.

No regresso ao relvado, Jorge Jesus mexeu de uma assentada em 3 posições. Ainda assim, se o Benfica causava perigo, o Boavista também não dava descanso à defesa benfiquista e ao guarda-redes grego.

E foi em mais uma jogada rápida, que contou com a passividade da defesa do Benfica, que o Boavista chegou a números mais dilatados. Em velocidade, Elis ganhou terreno, parou, olhou, encontrou Hamache que, sem qualquer oposição, escolheu o melhor lugar para fazer o terceiro para a sua equipa.

No final, primeira vitória para o Boavista, primeira derrota para o Benfica. Os axadrezados sobem ao 13º lugar, com 6 pontos, o Benfica mantém a segunda posição, depois da vitória do Sporting, agora 1 ponto atrás do vizinho da Segunda Circular.

Assine nossa Newsletter