Início » Resistência Galega tinha depósito de explosivos em Portugal

Resistência Galega tinha depósito de explosivos em Portugal

Valentina Marcelino

A Polícia Judiciária apreendeu explosivos numa garagem na cidade de Coimbra, alugada pelos cabecilhas da Resistência Galega, já detidos desde o ano passado em Espanha

Aoperação que desmantelou a base logística da Resistência Galega, conduzida pela Unidade Nacional de Contraterrorismo (UNCT) da Polícia Judiciária (PJ) e coordenada pelo Ministério Público de Coimbra, foi conhecida esta segunda-feira pela primeira vez, mas decorreu já em novembro de ano passado.

A ação conjunta entre as autoridades espanholas e portuguesas foi divulgada primeiro em Espanha no site da rádio Cope.es e confirmada oficialmente.

No dia 9 de novembro de 2019, após partilha de informações e cooperação policial entre os dois Estados, foi localizado um imóvel em Coimbra, associado aos líderes da “Resistência Galega” e utilizado como “casa de recuo”,confirmou, entretanto a PJ.

Em comunicado, a Judiciária adiantou que “foi apreendido vasto material probatório, correlacionado com as atividades terroristas levadas a cabo por este grupo independentista, destacando-se, inúmeros utensílios utilizados na fabricação de engenhos/artefactos explosivos, nomeadamente relógios, temporizadores e telemóveis preparados como dispositivo de ativação remota de cargas explosivas; dispositivos pirotécnicos e engenhos explosivos improvisados, uma carga total de aproximadamente 30 kg pólvora, livros, apontamentos manuscritos e manifestos de propaganda dos ideais da Resistência Galega”.

Leia mais em Diário de Notícias

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!