Início » França em choque com decapitação de professor que mostrou caricaturas de Maomé na aula

França em choque com decapitação de professor que mostrou caricaturas de Maomé na aula

Um professor de História foi decapitado perto de uma escola na vila de Conflan Saint-Honorine, nos arredores de Paris. Sabe-se que mostrou caricaturas de Maomé aos seus alunos e que a sua morte está a ser tratada como “ataque terrorista”

O suspeito de ter decapitado o professor de História foi gravemente ferido por um tiro disparado pela polícia francesa. A brigada antiterrorista francesa anunciou que foi chamada depois de um homem ter sido decapitado numa vila próxima de Paris.

A vítima era um professor de História que recentemente mostrou caricaturas de Maomé aos seus alunos. A sua morte está a ser tratada como um “ataque terrorista” e acontece quando decorre o julgamento dos cúmplices dos autores do ataque de 2015 à redação do jornal humorístico Charlie Hebdo, que colocara na capa caricaturas de Maomé.

A decapitação do professor ocorre algumas semanas depois de um homem ter atacado duas pessoas que pensava trabalharem para o Charlie Hebdo.

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!