Primeira-ministra da Finlândia é alvo de críticas sexistas por vestir blazer decotado - Plataforma Media

Primeira-ministra da Finlândia é alvo de críticas sexistas por vestir blazer decotado

Nem crop top, nem minissaia. Bastou um blazer decotado para que a primeira-minista da Finlândia, Sanna Marin, fosse alvo de críticas sexistas. Nas redes sociais, movimento feminista defende a chefe do governo.

Tudo começou com um post no perfil do Instagram da revista de moda Trendi, que publicou em 9 de outubro uma foto de Sanna Marin no jardim de sua residência. A premiê, de 34 anos, aparece vestindo um blazer preto decotado. Com as mãos cruzadas e um sorriso discreto, na imagem, a dirigente olha diretamente para a câmera.

Essa é a foto que sacode o país há quatro dias. Nas redes sociais, internautas não pouparam Sanna Marin de críticas, denunciando a “indecência” da roupa que utilizou para posar para a revista. Ela é acusada de deixar de lado suas funções para “brincar de modelo”, em plena crise de Covid-19.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Artigos relacionados
MoçambiquePolítica

Finlândia condena violência armada em Cabo Delgado

Política

A liderança contra a pandemia também se faz no feminino. E com sucesso

Assine nossa Newsletter