Fortunas dos multimilionários dispararam na pandemia - Plataforma Media

Fortunas dos multimilionários dispararam na pandemia

Fortuna conjunta de 640 multimilionários aumentou 713 mil milhões de euros em seis meses. Ao passo que milhões de pessoas sofrem as consequências devastadoras da crise económica e social provocada pela pandemia.

O mais recente relatório “Billionaire Bonanza”, publicado em abril e constantemente atualizado pelo Instituto de Estudos Políticos, revela que os 643 norte-americanos mais ricos não só não foram afetados pela pandemia como viram a sua riqueza ganhar mais expressão.

Entre 18 de março e 15 de setembro, as fortunas das pessoas em causa dispararam, no total, em 845 mil milhões de dólares (cerca de 713 mil milhões de euros). Combinadas, as suas riquezas cresceram 29%. O relatório mostra assim que, durante os primeiros meses da pandemia, o património líquido dos multimilionários aumentou de 2,5 biliões de dólares (2,4 mil milhões de euros) para 3,8 biliões (3,2 mil milhões de euros).

Entre os norte-americanos cujas fortunas aumentaram estão Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, Jeff e MacKenzie Bezos (da Amazon), Eric Yuan (Zoom), Bill Gates e Steve Ballmer (Microsoft), Mark Zuckerberg (Facebook) e o antigo autarca de Nova Iorque e multimilionário Michael Bloomberg (Bloomberg).

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
ChinaEconomia

Fortuna dos bilionários chineses da Internet com crescimento recorde em 2020

MundoSociedade

Milionário criador do antivírus McAfee detido em Espanha

MundoSociedade

Colónia de férias no Canadá forma futuros milionários

MundoSociedade

Milionários querem aumento de impostos para financiar a recuperação mundial

Assine nossa Newsletter