Espaço em Macau sobre “educação do amor pela pátria” deverá abrir em dezembro - Plataforma Media

Espaço em Macau sobre “educação do amor pela pátria” deverá abrir em dezembro

Um novo espaço sobre a educação de “Educação do Amor pela Pátria e por Macau” deverá abrir no território em dezembro, mês em que se celebra a passagem da administração de Portugal para a China, informaram hoje as autoridades.

O espaço, localizado no Museu das Ofertas sobre a Transferência de Soberania, contará com vários meios didáticos sobre “matérias patrióticas”, explicou o diretor da Direção dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ), Lou Pak Sang.

Durante um encontro com os órgãos de comunicação social, Lou Pak Sang disse ainda que o valor do espaço será de 2,5 milhões de patacas (264 mil euros) e vai contar com vídeos e materiais sobre cultura e história chinesa fornecidos por uma divisão estatal chinesa.

As suas instalações incluem uma zona de ensino interativo temático, sala de cultura chinesa, corredor da História do País e de Macau e sala multimédia de materiais didáticos patrióticos, que irão exibir a história e a cultura chinesas ao longo de cinco mil anos, os êxitos do desenvolvimento da China, a história de Macau e a educação patriótica, entre outros elementos, utilizando formas diversificadas, tais como, a recriação de objectos reais e multimédia, entre outras”, disse.

Ainda na mesma ocasião, as autoridades disseram que estão a preparar uma nova consulta pública sobre o “Planeamento a médio e longo prazo para o ensino não superior (2021-2030)” e da “Política de Juventude de Macau (2021-2030)” e que conta com o apoio peritos de Taiwan e Hong Kong, cerca 100 associações de juventude, entre outras autoridades locais.

Herdar o amor a pátria Macau, virtude física e mental, melhorar as capacidades, a harmonia e participação na sociedade serão os temas em destaque neste plano, detalhou.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter