Normas atuais da DGS permitem concertos como da Festa do Avante - Plataforma Media

Normas atuais da DGS permitem concertos como da Festa do Avante

As regras para espetáculos ao ar livre dizem apenas que devem ser preferencialmente sentados, sem estipular obrigatoriedade. A dez dias da Festa do “Avante!”, a DGS e o PCP ainda não acordaram o plano final de regras sanitárias do evento.

ADGS só poderá impor ao PCP que os concertos da Festa do “Avante!” se façam com plateias obrigatoriamente sentadas – algo que o partido recusa – se estabelecer regras feitas à medida para o evento dos comunistas.

De acordo com as regras da DGS que atualmente existem para a “utilização de equipamentos culturais” – uma “orientação” emitida em 28 de maio e atualizada em 20 de julho – os espetáculos ao ar livre devem realizar-se com plateias “preferencialmente” sentadas. Contudo, não faz disso uma imposição, é apenas uma recomendação (“preferencialmente”).

O que conta, para o efeito, é o ponto 53 da “orientação” da DGS: “Os lugares devem estar previamente identificados (ex. cadeiras, marcação no chão, outros elementos fixos), dando preferência a lugares sentados, cumprindo um distanciamento físico entre espetadores de 1,5 metros.

Na Quinta da Atalaia (Amora, concelho do Seixal, distrito de Setúbal), onde, como habitualmente, os comunistas realizarão a sua festa anual (o espaço, de 30 hectares, pertence ao partido), as marcas já estão assinaladas na relva (pelo menos) em frente ao maior dos palcos (Palco 25 de Abril) para marcar o sítio onde cada pessoa terá de ficar para assistir aos espetáculos (ver foto em baixo). Marcas feitas a pensar em plateias de pé, com distâncias de 1,5 metro e meio entre uns e outros.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter