Reino Unido sofre recessão mais profunda de sempre

por Filipe Sousa
Filipe Santa-Bárbara

Governo britânico afirma que é recessão mais profunda desde que há registos no país, com uma queda de 20,4% do PIB no segundo trimestre do ano. Ministro das Finanças britânico deixa o aviso: “Chegaram os tempos difíceis.”

“Há uns meses disse que os tempos difíceis estavam a chegar e os números de hoje mostram que os tempos difíceis chegaram.” Mais do que um reconhecimento, é um aviso à população da parte do ministro britânico das Finanças de que os tempos que se avizinham não serão fáceis.

Os números falam por si: o segundo trimestre registou um tombo de 20,4% do Produto Interno Bruto. É, de resto, a maior queda desde que há registos no país e a maior entre as 7 maiores economias do mundo.

Para Rishi Sunak, o Reino Unido está “a lutar contra algo sem precedentes e não tem um manual para lidar com a situação”. Por isso, o ministro das finanças britânico sublinha que é preciso “alguma humildade” sobre a capacidade do país em prever “com precisão” o que vai acontecer à economia ou até sobre a exatidão das respostas políticas.

Leia mais em TSF

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!