Bolsonaro sem máscara reúne multidão no Nordeste - Plataforma Media

Bolsonaro sem máscara reúne multidão no Nordeste

Na primeira viagem oficial após exame negativo à Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro foi a cidades da Bahia e do Piauí, onde inaugurou uma adutora do rio São Francisco. Aproveitou para se aproximar de um dos líderes do centrão, o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP. E, mais uma vez, não respeitou o uso de máscara ou o distanciamento de segurança.

Ao desembarcar no aeroporto de São Raimundo Nonato, interior do Piauí, o presidente voltou a descumprir as recomendações sanitárias em virtude da pandemia do novo coronavírus e tirou a máscara ao cumprimentar o público.

Usando chapéu de couro, Bolsonaro surpreendeu ao montar em um cavalo de um apoiador que estava em frente ao aeroporto. Cerca de 300 pessoas, segundo a Polícia Militar, se aglomeravam ao recepcionar o presidente aos gritos de “mito” e “nossa bandeira não será vermelha”.

Antes da visita ao Piauí, o presidente esteve em Campo Alegre de Lourdes (BA), que fica a 66 km de São Raimundo Nonato. Na cidade baiana, Bolsonaro inaugurou uma adutora do rio São Francisco que levará água a mais de 50 municípios da região.

O Piauí e a Bahia são administrados por governadores do PT. Rui Costa, que preside o Consórcio dos governadores do Nordeste, e o governador do Piauí, Wellington Dias, não participaram das solenidades.

Ciro Nogueira ciceroneou o presidente e se aproxima mais de Bolsonaro. O senador, que foi eleito com ajuda do PT, está se distanciando dos petistas e sinaliza para uma pré-candidatura a governador em 2022, contra o PT.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter