Professor brasileiro faz queixa ao FBI após ameaça de bolsonarista - Plataforma Media

Professor brasileiro faz queixa ao FBI após ameaça de bolsonarista

David Nemer, a viver nos EUA, foi o último de uma lista de académicos, políticos ou escritores a sentir-se perseguido pelas milícias digitais. Ele havia criticado o Parler, nova rede social preferida dos apoiantes radicais do presidente. “Mas é importante referir que não sou o único”

Um académico brasileiro que investiga o comportamento digital dos apoiantes de Jair Bolsonaro, presidente da República do Brasil, apresentou queixa no FBI e na polícia brasileira depois de receber uma ameaça de morte.

David Nemer, professor titular e pesquisador no Departamento de Estudos de Media na Universidade da Virgínia, especialista em Antropologia da Informática e autor do livro “Favela Digital: O outro lado da tecnologia”, esteve por quase um ano inserido em quatro grupos de WhatsApp de apoiantes de Bolsonaro para entender o seu funcionamento.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
MundoPolítica

FBI investiga ligações automáticas que pedem a eleitores que fiquem em casa

ChinaMundo

Ex-agente da CIA e empregado do FBI acusado de espionagem a favor da China

MundoPolítica

FBI considera espionagem chinesa a maior ameaça ao futuro dos Estados Unidos

DesportoPortugal

Bruno de Carvalho continua na lista de terroristas do FBI

Assine nossa Newsletter