Portugal: Ator é assassinado a tiros e SOS Racismo exige justiça - Plataforma Media

Portugal: Ator é assassinado a tiros e SOS Racismo exige justiça

O ator Bruno Candé Marques faleceu após ter sido baleado em várias zonas do corpo em Moscavide. PSP não avança motivo apesar de ter conhecimento de relatos ao longo da semana de desacatos.

O SOS Racismo exigiu este sábado “justiça” no caso da morte do ator Bruno Candé Marques, baleado em Moscavide, concelho de Loures, considerando tratar-se de “um crime com motivações de ódio racial”.

“Hoje, pelas 14h, Bruno Candé Marques, cidadão português negro, foi assassinado com 4 tiros à queima-roupa. O seu assassino já o havia ameaçado de morte três dias antes e reiteradamente proferiu insultos racistas contra a vítima”, afirma o SOS Racismo em comunicado.

Comunicado de imprensaSobre o assassinato racistaHoje, pelas 14h, Bruno Candé Marques, cidadão português negro, foi…

Publiée par SOS Racismo sur Samedi 25 juillet 2020

Leia mais em TSF

Assine nossa Newsletter