Governo brasileiro tem estoque parado de quatro milhões de comprimidos de cloroquina - Plataforma Media

Governo brasileiro tem estoque parado de quatro milhões de comprimidos de cloroquina

Técnicos que fazem parte de um comité de emergência criado para assessorar o Ministério da Saúde em decisões sobre o novo coronavírus alertaram sobre o risco de o governo ficar com estoques parados de cloroquina. No início de julho, o governo federal tinha uma reserva de 4.019.500 comprimidos do medicamento—pouco abaixo do total que já havia sido distribuído, de 4.374.000 até aquele momento.

Em uma reunião no dia 25 de maio, momento em que o ministério negociava a vinda de ao menos três toneladas de matérias-primas para serem trazidos ao Brasil para produção do medicamento, os técnicos alertaram para o risco de estoque parado.

“Devido a atual situação não é aconselhável trazer uma quantidade muito grande, pois caso o protocolo venha a mudar, podemos ficar com um número em estoque parado para prestar contas”, diz documento que regista o encontro, obtido pela Folha.

Leia mais em Folha de São Paulo

Artigos relacionados
ChinaSociedade

Wuhan completa 1 ano do primeiro confinamento contra o coronavírus

BrasilChina

Wuhan volta a detetar coronavírus em carne importada do Brasil

MundoSociedade

Coronavírus circula em Itália desde setembro de 2019

MundoSociedade

Rede de tráfico de falsos testes negativos descoberta em França

Assine nossa Newsletter