Vinho do Porto fica a 'salvo' de falsificações chinesas - Plataforma Media

Vinho do Porto fica a ‘salvo’ de falsificações chinesas

Lista de 100 produtos alimentares europeus e o mesmo número de produtos chineses visa proteger contra imitações e usurpação de propriedade intelectual.

Os 27 países membros da União Europeia aprovaram hoje um acordo com a China sobre indicações geográficas protegidas (IGP) para produtos agrícolas, alimentos e vinhos, destinado a defender denominações de origem, e que abrange o Vinho do Porto.

“Trata-se do primeiro acordo comercial significativo e assinado entre a União Europeia e a China”, afirmou o Conselho Europeu, em comunicado, após o fim da cimeira entre os 27 membros ter terminado em Bruxelas.

O documento, aprovado pelo Conselho Europeu, vai “beneficiar os produtores europeus e deve apoiar as áreas rurais onde esses produtos são fabricados”, lê-se no comunicado.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Artigos relacionados
EconomiaMundo

Reduções nas entregas de gás russo através do Nord Stream são "ataque" à Europa

EconomiaMundo

Venezuela tem petróleo que o mundo necessita e acusa Europa e EUA de suicídio económico

Política

"UE cruza 'linha vermelha' com embargo de petróleo russo"

EconomiaPolítica

UE garante "estar preparada" para corte de gás russo

Assine nossa Newsletter