Neonazis são suspeitos de ligações a redes de tráfico de armas - Plataforma Media

Neonazis são suspeitos de ligações a redes de tráfico de armas

Armas de fogo apreendidas a alguns dos 27 hammerskins acusados pelo MP tinham sido roubadas em residências e puseram a PJ na pista de ligações deste grupo a redes de tráfico nacional e internacional

As autoridades suspeitam que a maior parte das armas de fogo que foram apreendidas aos suspeitos neonazis dos Portugal Hammerskins (PHS) têm origem no mercado negro. Pelo menos duas armas de fogo apreendidas tinham sido roubadas das residências dos seus proprietários, colocando este grupo, acusado agora pelo Ministério Público (MP) por vários crimes de ódio e de homicídios, sob suspeita de ligações a redes de tráfico nacional e internacional de armas.

Foi o caso da pistola Walter calibre 22 apreendida a Jaime Helder na sua casa e do revólver Smith & Wesson Long calibre 32 encontrada na casa de Nuno Cláudio Cerejeira, ambas roubadas das casas dos seus proprietários em Lisboa, em 2012 e 2013.

Leia mais em Diário de Notícias.

Artigos relacionados
MundoSociedade

Polícia encontra quatro malas com pedaços de corpo humano

MundoSociedade

Autoridades americanas investigam esquemas ilegais nascidos durante a pandemia

BrasilSociedade

Letalidade policial é muito maior entre negros, revela estudo brasileiro

MoçambiqueSociedade

Polícia deteve suspeito de matar família de quatro pessoas em Maputo. É um sobrinho

Assine nossa Newsletter