Início Atualidade Sete orçamentos de António Costa pouparam 1,3 mil milhões de euros em juros

Sete orçamentos de António Costa pouparam 1,3 mil milhões de euros em juros

Luís Reis Ribeiro

As políticas do BCE ajudaram as contas públicas dos governos PS. Poupanças em juros de 2016 a 2022 dariam para pagar 4 anos de recuperação salarial aos professores. Mas o maná de Frankfurt já vai estancar este ano

O primeiro-ministro, António Costa, e Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu, em 2021
O primeiro-ministro, António Costa, e Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu, em 2021

Os sete Orçamentos do Estado (OE) do governo PS, de António Costa, obtiveram poupanças de 1,3 mil milhões de euros em juros face ao inicialmente previsto entre 2016 e 2022, de acordo com cálculos do Dinheiro Vivo (DV) a partir dos dados oficiais da Conta Geral do Estado e da execução orçamental.

Leia mais em: Diário de Notícias

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!