Regresso à normalidade será processo progressivo, diz Leong Iek Hou - Plataforma Media

Regresso à normalidade será processo progressivo, diz Leong Iek Hou

O fim do período de consolidação e a reabertura de vários estabelecimentos comerciais depende de diversos factores, e o regresso à normalidade pode não acontecer imediatamente após a testagem em massa de toda a população agendada para os últimos dias de julho

A garantia foi dada hoje por Leong Iek Hou, chefe da Divisão de Prevenção e Controlo de Doenças Transmissíveis dos Serviços de Saúde na habitual conferência de imprensa diária de actualização da situação pandémica de Macau.

“Se Macau não registar qualquer caso na comunidade [nos próximos sete dias] então ficamos mais descansados, mas isso não significa que podemos voltar tudo ao normal, porque não podemos ter todas as actividades recuperadas, precisamos de tomar medidas de uma forma gradual”, disse Leong Iek Hou.

Leia também: Autotestes diários são obrigatórios para toda população até 31 de Julho

A médica explicou também que para implementar este processo gradual após os testes em massa de 30 e 31 de Julho será necessário esperar por dois períodos de incubação, ou seja, 14 dias.

“Estamos mais próximos desta meta [de sete mais sete]. Se necessariamente temos de completar dois períodos máximos de incubação para levantar as medidas e recuperar a actividade na comunidade? Não”, indicou a representante dos Serviços de Saúde, acrescentando que, após os testes em massa, as autoridades podem, “gradualmente suavizar as medida antiepidémicas”.

Leia mais em TDM

Related posts
MacauSociedade

Regresso às aulas em Macau com regras apertadas

MacauPolítica

Deputado de Macau quer substituir isolamento em hotéis por quarentenas em casa

MacauSociedade

Autoridades anunciam caso importado de Hong Kong e fecham prédio

EconomiaMacau

Reserva financeira de Macau de 74 MME "não é abundante", deve-se usar com cautela

Assine nossa Newsletter