Início Lifestyle Apple lança iPhone low cost 5G, novo iPad Air e chip M1 Ultra

Apple lança iPhone low cost 5G, novo iPad Air e chip M1 Ultra

O primeiro evento da Apple em 2022 trouxe uma atualização do hardware que vai levar a conectividade 5G aos seus dispositivos de preço mais acessível. O CEO Tim Cook acaba de revelar o iPhone SE 5G, disponível a partir de 18 de março, com um preço que começa nos 429 dólares.

É a versão mais barata do smartphone da marca, que com esta renovação passa a ter o chip de alto desempenho A15 Bionic e a última geração de comunicações móveis.

“Isto é importante para os nossos atuais clientes que querem um iPhone mais pequeno com excelente valor”, disse Tim Cook, numa apresentação pré-gravada na sede da empresa em Cupertino.

O executivo disse também que o lançamento será importante para atrair novos utilizadores, referindo que a Apple conquistou “mais novos clientes com o alinhamento iPhone 13 que em qualquer um dos cinco lançamentos anteriores.” Talvez também por isso, com os resultados positivos dos últimos smartphones, Cook aproveitou o evento para introduzir dois novos tons de verde para o iPhone 13.

Já o iPhone SE 5G virá em três cores – branco, preto e vermelho (Product RED). A gestora de produto Francesca Sweet disse que o chip A15 Bionic permite ao iPhone SE 5G ter um desempenho “mais rápido que toda a concorrência em qualquer nível de preço” e foi “desenhado para durar”, com a mesma construção em vidro que o iPhone 13 e 13 Pro.

Mas este continua a ter um botão “Home”, com leitor de impressão digital. Outras características são uma melhor duração da bateria, os estilos fotográficos introduzidos no iPhone 13 e capacidades inteligentes para proteger a privacidade “que não eram possíveis com outros smartphones.”

Sweet disse também que “trazer este nível de desempenho ao smartphone mais acessível é algo que só a Apple consegue fazer.”

Outra novidade no hardware é o iPad Air 5G. A responsável Angellina Kyazike afirmou que o próximo tablet da marca “dá um salto maciço no desempenho”, visto que passa a ter o chip M1, o mesmo do iPad Pro. Isto significa uma performance até 60% mais rápida que a do A14 na geração anterior.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!