Polémica em torno de Shaqiri devido a 'casaco terrorista' -

Polémica em torno de Shaqiri devido a ‘casaco terrorista’

Enquanto falava à imprensa, um homem colocou nas costas do internacional suíço Shaqiri um casaco com um símbolo de uma organização terrorista do Kosovo. A Sérvia não gostou e vai fazer uma queixa à FIFA, segundo o Corriere dello Sport.

No final do Suíça-Irlanda do Norte (2-0), de sábado, Xherdan Shaqiri estava a falar em direto para uma televisão, na flash interview, quando foi abordado por um indivíduo que lhe colocou nas costas um casaco com o símbolo da KLA – exército de libertação do Kosovo.

Este grupo de paramilitares é formado por rebeldes que lutam pela independência do Kosovo em relação à Sérvia.

Ao deparar-se com esta cena, a Federação Sérvia de Futebol ficou desagradada e, de acordo com o Corriere dello Sport, Jovan Surbatovic, secretário-geral daquele organismo, vai enviar uma carta à FIFA para que Shaqiri, avançado do Lyon seja punido por “promover a organização terrorista KLA”.

A Federação Suíça de Futebol já saiu em defesa do jogador, que nasceu precisamente no Kosovo. “É inaceitável que as pessoas abusem de uma flash interview para fazer propaganda política. Shaqiri comportou-se de forma exemplar, o culpado do episódio foi questionado pela polícia e foi imediatamente banido e impossibilitado de aceder ao estádio”.

Leia mais em O Jogo

Assine nossa Newsletter