Presidente da CPI afirma que crime de responsabilidade de Bolsonaro está 'cada vez mais claro' - Plataforma Media

Presidente da CPI afirma que crime de responsabilidade de Bolsonaro está ‘cada vez mais claro’

Omar Aziz afirma que ausência de resposta às denúncias envolvendo Covaxin reforçam hipótese de prevaricação do presidente.

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), declarou nesta segunda-feira (12) que “está cada vez mais claro” que o presidente Jair Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade por não ter atuado frente às denúncias de irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin.

Aziz se referia especificamente ao fato de o presidente não ter respondido as indagações sobre as denúncias que teriam sido levadas a ele pelo deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) e por seu irmão, o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda.

Em depoimento à CPI, os irmãos confirmaram que se encontraram com o presidente no Palácio do Alvorada, em março, quando levaram ao presidente as denúncias de irregularidades na compra da vacina indiana, desenvolvida pela Bharat Biotech e intermediada no Brasil pela empresa Precisa Medicamentos.

A cúpula da CPI encaminhou na semana passada uma carta a Bolsonaro pedindo que ele se manifeste sobre a hipótese de ter conhecimento das denúncias de irregularidades e quais medidas adotou.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
BrasilPolítica

STF rebate Bolsonaro sobre combate da pandemia e diz que 'uma mentira contada mil vezes não vira verdade'

BrasilCabo Verde

PR de Cabo Verde vai encontrar-se com Bolsonaro para atrair mais investimento brasileiro

BrasilPolítica

Bolsonaro muda discurso sobre fundão eleitoral e sinaliza apoio

BrasilSociedade

Covid-19: 58,5% do público-alvo no Brasil recebeu a primeira dose

Assine nossa Newsletter