Parlamento aprova legalização da eutanásia - Plataforma Media

Parlamento aprova legalização da eutanásia

O parlamento aprovou esta sexta-feira, em votação final global, a despenalização da morte medicamente assistida

A lei, resultado dos projetos aprovados, na generalidade, em fevereiro de 2020, foi aprovada com 136 votos das bandadas do PS (com exceção de oito deputados), BE, Verdes, PAN, do deputado da Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, das deputadas não-inscritas Joacine Katar Moreira e Cristina Rodrigues, e de alguns deputados do PSD. O PS e PSD deram liberdade de voto aos seus deputados.

Votaram contra o CDS, o Chega, o PCP e alguns deputados do PS e PSD. Abstiveram-se quatro deputados, dois do CDS e dois do PSD.

Face às regras sanitárias devido da epidemia de covid-19, e para evitar que estivessem muitos deputados no hemiciclo ao mesmo tempo, a votação decorreu em três tempos, por grupos de deputados.

Leia mais em Jornal de Notícias

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
MacauSociedade

Eutanásia: O fim da vida analisado por Governo, médicos e Igreja

PolíticaPortugal

Referendo à eutanásia chumbado no Parlamento

PolíticaPortugal

Parlamento discute hoje e vota referendo sobre a eutanásia na sexta-feira

Assine nossa Newsletter