Estado vai "poupar" cerca de 2,8 milhões com as Presidenciais - Plataforma Media

Estado vai “poupar” cerca de 2,8 milhões com as Presidenciais

As eleições presidenciais podem gerar uma poupança ao Estado de cerca de 2,8 milhões de euros. Isto porque apenas três candidatos têm direito a uma subvenção pública e nenhum gastou acima do valor a que terá direito. Das quatro candidaturas sem hipótese de apoios, as de Marisa Matias e de João Ferreira são aquelas que tiveram o maior “rombo” com os resultados das eleições de anteontem. BE e PCP já garantiram que pagam tudo.

Face aos resultados de domingo, dos sete candidatos presidenciais, apenas Marcelo Rebelo de Sousa, Ana Gomes e André Ventura têm direito a um apoio do Estado para suportarem os custos da campanha.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

Oficial: Marcelo Rebelo de Sousa reeleito Presidente da República de Portugal

PolíticaPortugal

Eleições em Portugal serenas com afluência matinal maior do que em 2016

PolíticaPortugal

Covid impede 45 mil eleitores infetados de votar nas presidenciais

PolíticaPortugal

Consagração de Marcelo Rebelo de Sousa ensombrada por um vírus

Assine nossa Newsletter