Acionista do Santa Clara suspeito de corrupção no Mundial2022

Acionista do Santa Clara suspeito de corrupção no Mundial2022

Glen Lau encontra-se envolvido nas investigações relativas à atribuição da organização do próximo campeonato do Mundo

Glen Liang Seng Lau, detentor de 47,6 por cento da SAD do Santa Clara, está a ser investigado por suspeita de corrupção no polémico processo de atribuição da organização do campeonato do Mundo de 2022 ao Catar.

A informação é avançada pelo Público este domingo, que refere que o empresário de Singapura está sob a alçada das autoridades franceses e brasileiras, devido ao envolvimento de uma empresa em que era administrador no suposto esquema que determinou a realização do próximo Mundial no país do Médio Oriente.

Leia mais em O Jogo

Related posts
DesportoPortugal

Testagem volta a ser obrigatória antes dos jogos da I e II Liga

BrasilDesporto

A nova vida do ex-goleiro da Chapecoense, cinco anos após a tragédia

Desporto

Lionel Messi é o vencedor da Bola de Ouro de 2021

AngolaDesporto

Mateus Galiano defende profissionalização do futebol de Angola

Assine nossa Newsletter