Acionista do Santa Clara suspeito de corrupção no Mundial2022

Acionista do Santa Clara suspeito de corrupção no Mundial2022

Glen Lau encontra-se envolvido nas investigações relativas à atribuição da organização do próximo campeonato do Mundo

Glen Liang Seng Lau, detentor de 47,6 por cento da SAD do Santa Clara, está a ser investigado por suspeita de corrupção no polémico processo de atribuição da organização do campeonato do Mundo de 2022 ao Catar.

A informação é avançada pelo Público este domingo, que refere que o empresário de Singapura está sob a alçada das autoridades franceses e brasileiras, devido ao envolvimento de uma empresa em que era administrador no suposto esquema que determinou a realização do próximo Mundial no país do Médio Oriente.

Leia mais em O Jogo

Artigos relacionados
Desporto

Guarda-redes Tom King marca golo a 96,01 metros e entra no Guiness Book

DesportoPortugal

Braga elimina Benfica e está na final da Taça da Liga

BrasilDesporto

À frente de City e PSG, Palmeiras na vice-liderança dos melhores clubes do mundo em 2020

DesportoPortugal

Sporting vence FC Porto e está na final da Taça da Liga

Assine nossa Newsletter