Governo recua e deixa às autarquias decisão sobre realização de feiras - Plataforma Media

Governo recua e deixa às autarquias decisão sobre realização de feiras

Depois de ter anunciado a proibição de feiras e mercados de levante em 121 municípios, a partir de quarta-feira, o Governo deixa, agora, a decisão nas mãos das autarquias. Os feirantes, que acusavam a medida de “injusta e discriminatória” afirmam que foi reposta a “justiça”.

A intenção do governo em proibir a realização de feiras e mercados de levante resultou em forte contestação por parte de comerciantes e seus representantes que ameaçavam com ações de protesto em todo o país.

Contudo, o JN confirmou, junto de fonte do Governo, que este admite a realização das feiras nos concelhos considerados de maior risco, desde que estas sejam autorizadas pelas autarquias e dentro do respeito pelas normas de segurança e no cumprimento das normas da DGS.

“É uma decisão que acolhemos com felicidade. O Governo acaba por colocar justiça numa decisão que não estava correta”, afirmou o presidente da Associação de Feiras e Mercados do Norte, Fernando Sá.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

Conselho de Ministros extraordinário decide hoje novas medidas para controlar a pandemia

PolíticaPortugal

Sem confinamento geral, mas com restrições à circulação e horários reduzidos

PortugalSociedade

Covid-19: Centenas de pessoas contestam em Lisboa medidas do Governo

PortugalSociedade

Ordem dos Médicos contra obrigatoriedade da 'app' StayAway Covid

Assine nossa Newsletter