Assassino de John Lennon tem liberdade condicional negada pela 11.ª vez - Plataforma Media

Assassino de John Lennon tem liberdade condicional negada pela 11.ª vez

Mark David Chapman passou por uma audiência no dia 19 de agosto

Mark David Chapman, 65, o homem responsável por tirar a vida de John Lennon em 1980, teve sua liberdade condicional negada pela 11ª vez, segundo informações das autoridades penitenciárias estaduais nesta quarta-feira (26).

Chapman está cumprindo uma sentença de prisão perpétua –com direito à revisão– na prisão de segurança máxima Wende Correctional Facility, localizada na cidade de Alden, no Condado de Erie, Nova York. Segundo informações do jornal The New York Daily News, no dia 19 de agosto o criminoso passou por uma entrevista pelo conselho de liberdade condicional.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Artigos relacionados
CulturaMundo

Álbum autografado por John Lennon a seu assassino será leiloado

LifestyleMundo

Antiga casa de John Lennon em Nova Iorque à venda por 4,6 milhões de euros

CulturaMundo

Quarenta anos depois, o assassino de John Lennon pede desculpa

LifestyleMundo

Mansão de John Lennon e Yoko Ono na Flórida é colocada à venda por US$ 47,5 milhões

Assine nossa Newsletter