Alemanha condena ex-nazista de 93 anos durante a segunda guerra

Alemanha condena ex-nazi de 93 anos envolvido em mais de 5.000 mortes

Guarda num antigo campo de concentração e extermínio da Alemanha nazi aos 17 anos teve cumprimento da pena suspenso e não ficará preso.

O tribunal de Hamburgo, na Alemanha, condenou um ex-nazi de 93 anos por cumplicidade em 5.232 assassinatos e tentativas de assassinato durante a Segunda Guerra Mundial.

Bruno Dey foi guarda no campo de concentração de Stutthof, na Polônia ocupada pela Alemanha nazi, entre agosto de 1944 e abril de 1945, quando tinha 17 anos. Por não ter atingido a maioridade quando cometeu os crimes, ele foi julgado por uma corte juvenil.

A justiça alemã o condenou a dois anos de prisão, mas, devido à sua atual idade avançada, Dey teve o cumprimento da pena suspenso e não ficará preso.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Este artigo está disponível em: English

Related posts
MundoSociedade

Ex-guarda nazi pede desculpas pelo Holocausto durante julgamento

Assine nossa Newsletter