Argentina bate recorde com mais de mil novos casos num dia

por Rute Coelho

O Presidente, Alberto Fernández, diz que o país deveria voltar à quarentena absoluta

A Argentina registou, nas últimas 24 horas, 1.141 novos casos confirmados de covid-19. Foi a primeira vez que o país ultrapassou mil casos num dia. Do total de casos, 94% (1.080) foram registados na Grande Buenos Aires. No mesmo período, foram registadas 24 mortes no país. O presidente Alberto Fernández disse que, pela velocidade de contágios, o país deveria estar em quarentena total, noticia a Agência Brasil.

O governo argentino decretou isolamento social, preventivo e obrigatório no dia 20 de março. A quarentena no país foi prorrogada diversas vezes e agora foi estendida para o dia 28 de junho, com algumas flexibilizações, como saídas noturnas para a prática de exercícios físicos. Até ao momento, o país tem 24.761 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus e 717 mortes.

O país da América Latina assiste a um número crescente de casos, com mais de 900 confirmações diárias diversas vezes na última semana. O maior número de casos havia sido registado no último dia 6: 983 num único dia.

O presidente do país, Alberto Fernández, expressou hoje preocupação com a doença, principalmente na região metropolitana de Buenos Aires. “Uma das coisas que levamos em conta é a velocidade de contágio, que hoje é a mais alta desde o dia zero, de modo que, na verdade, deveríamos estar na fase 1, de quarentena absoluta. Há uma série de pedidos, todos legítimos, para acabar com a quarentena. Isso multiplica os riscos”.

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!