Custos das equipas na Fórmula 1 limitados a 133 milhões de euros por ano - Plataforma Media

Custos das equipas na Fórmula 1 limitados a 133 milhões de euros por ano

A partir de 2021, as equipas de Fórmula 1 vão ter de limitar os custos a um teto máximo de 133 milhões de euros, anunciou esta segunda-feira o diretor da competição, o britânico Ross Brawn, como forma de limitar o impacto da crise provocada pela covid-19.

Antes do início da pandemia, que adiou o arranque da temporada, as equipas e as instâncias gestoras da competição já tinham acordado um teto de 175 milhões de dólares (160 milhões de euros) como teto máximo que cada equipa poderia gastar por temporada, incluindo no desenvolvimento dos novos modelos.

Esta medida visava limitar o fosso entre as equipas e nivelar a competição.

Leia mais em Jornal de Notícias.

Related posts
MundoSociedade

OMS mantém nível máximo de alerta para a pandemia

Sintomas de covid desaparecem em um ano em casos leves, segundo estudo

Macau

Turistas chineses escolhem Macau em busca de inoculação “mais eficaz”

China

UE encoraja Estados-membros a imporem testes à covid-19 a passageiros oriundos da China

Assine nossa Newsletter