Grécia nega expulsões de migrantes; UE investiga - Plataforma Media

Grécia nega expulsões de migrantes; UE investiga

As denúncias de expulsões de migrantes da Grécia para a Turquia multiplicaram-se desde março.

Atenas nega essas acusações, mas o envolvimento da Frontex, a agência europeia de vigilância das fronteiras, obriga a UE a reagir com urgência.

A pedido de Ylva Johansson, a comissária Europeia para os Assuntos Internos, a União Europeia reúne na terça-feira o conselho de administração da Frontex de forma extraordinária.

“Uma investigação está em andamento”, disse Chris Borowski, porta-voz da Frontex. A agência europeia é acusada por vários meios de comunicação, incluindo a revista alemã Spiegel, de estar envolvida na devolução de requerentes de asilo.

A Grécia, principal porta de entrada da UE, recebe ajuda da Frontex no Mar Egeu e na fronteira terrestre com a Turquia, país que, no final de fevereiro, impulsionou milhares de migrantes a entrarem na Europa.

Preso pela polícia grega depois de cruzar a fronteira greco-turca em outubro, Hamza, um solicitante de asilo marroquino, disse à AFP que havia sido preso com outros refugiados.

Leia mais em Istoé

Related posts
PolíticaSão Tomé e Príncipe

UE condena tentativa de golpe em São Tomé e Príncipe e pede respeito pelos direitos humanos

Política

Ministros da UE debatem esta 5.ª feira mecanismo de último recurso para teto ao gás

Operação de resgate ao largo de Creta. Há cerca de 500 migrantes a bordo

EconomiaMundo

Bruxelas admite períodos mais longos para países da UE reduzirem dívida e défice

Assine nossa Newsletter