Grécia nega expulsões de migrantes; UE investiga - Plataforma Media

Grécia nega expulsões de migrantes; UE investiga

As denúncias de expulsões de migrantes da Grécia para a Turquia multiplicaram-se desde março.

Atenas nega essas acusações, mas o envolvimento da Frontex, a agência europeia de vigilância das fronteiras, obriga a UE a reagir com urgência.

A pedido de Ylva Johansson, a comissária Europeia para os Assuntos Internos, a União Europeia reúne na terça-feira o conselho de administração da Frontex de forma extraordinária.

“Uma investigação está em andamento”, disse Chris Borowski, porta-voz da Frontex. A agência europeia é acusada por vários meios de comunicação, incluindo a revista alemã Spiegel, de estar envolvida na devolução de requerentes de asilo.

A Grécia, principal porta de entrada da UE, recebe ajuda da Frontex no Mar Egeu e na fronteira terrestre com a Turquia, país que, no final de fevereiro, impulsionou milhares de migrantes a entrarem na Europa.

Preso pela polícia grega depois de cruzar a fronteira greco-turca em outubro, Hamza, um solicitante de asilo marroquino, disse à AFP que havia sido preso com outros refugiados.

Leia mais em Istoé

Artigos relacionados
EconomiaLusofonia

Presidência lusa da UE trará "muitos benefícios" aos PALOP

Eleitos

Programa de Apoio ao Retorno Voluntário aos Migrantes Carenciados

Política

Bruxelas vai comprar 160 milhões de doses da vacina da Moderna contra a Covid-19

PolíticaPortugal

"Presidência portuguesa da UE pode contar com a parceria da Alemanha"

Assine nossa Newsletter