PortugalSociedade

"Padre" Gama voltou aos exorcismos

Suspeito de violar, está livre quatro meses depois. O tribunal da Relação de Guimarães deu razão a Marcelino Humberto Gama e considerou insuficientes os indícios que justificaram a sua prisão preventiva decretada em dezembro do ano passado e confirmada em março…