CulturaMundo

Quarenta anos depois, o assassino de John Lennon pede desculpa

O homem que matou a lenda dos Beatles viu negada a liberdade condicional pela décima vez. Foi a 8 de dezembro de 1980 que John Lennon, músico dos Beatles, foi assassinado com quatro tiros por Mark Chapman, em Nova Iorque. Agora, 40 anos depois e em pleno tribunal, o…