PortugalSociedade

Calor e falhas nos cuidados de saúde causam pico de mortes

Mais 673 óbitos do que em 2019. Calor e redução dos cuidados de saúde no pico da covid explicam. Entre 1 e 15 de julho morreram 4721 pessoas no país, mais 673 óbitos do que em igual período do ano passado (17%). Desde 2013 que não morria tanta gente na primeira…