Sociedade

O assassino que a Rússia enviou à Alemanha com "licença para matar"

Começa esta quarta-feira o julgamento do homem russo que assassinou um ex-comandante checheno num parque de Berlim, em agosto do ano passado, por suposta ordem de Moscovo. Um caso que parece retirado de um filme de espiões e que pode colocar em risco os laços já frágeis…