Eleitos

Banco de Portugal: da falta de independência à falta de vontade

Alguns partidos passaram os últimos cinco anos a defender a exoneração de Carlos Costa. Contudo, ainda que a incompetência da supervisão e os sucessivos escândalos que enfraqueceram a figura do Governador e do próprio Banco de Portugal o justificassem, tais propostas…