Pub

Devido à ligação à igreja católica, a Universidade de São José a única universidade local que não pode recrutar alunos da China continental. Neste novo contexto de entendimento entre Pequim e o Vaticano, a instituição espera ter 100 alunos do Continente nos cursos de mestrado no próximo ano lectivo. O reitor, Peter Stilwell, diz ter recebido indicação de que "valia a pena" apresentar novo pedido junto do Governo Central.

Partilhar