Pub

Angola

O MPLA defende combate à corrupção, à impunidade, ao nepotismo e à bajulação

Num comunicado divulgado ontem, 10 de Dezembro, data em que o partido no poder completou o seu 62.º ANIVERSÁRIO, os camaradas referem que a efeméride acontece numa conjuntura desafiante para Angola, de combate a todas as formas de corrupção, uma prática que fragiliza as instituições democráticas e mina a confiança dos cidadãos e dos investidores, nacionais e estrangeiros, no aparelho do Estado. Neste contexto, lê-se ainda no comunicado, o MPLA defende que o Executivo deve continuar a aprofundar o quadro jurídico e legal, na conformação do Estado democrático de direito, de modo a que sejam todos responsabilizados pela violação do plasmado nas leis em vigor, sendo necessário aplicar medidas disciplinares.

Partilhar