Pub

O Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, elogiou "a diferença de Macau", último ponto da sua visita de Estado à República Popular da China, e já fala na "próxima visita" ao território, possivelmente em dezembro. O chefe de Estado, começou o dia no centro histórico da cidade, com uma passagem pela Santa Casa da Misericórdia, onde deixou a promessa de visitar "todas" as outras instituições macaenses "na próxima visita".

Partilhar

O Presidente da República prossegue hoje em Xangai a visita de Estado à República Popular da China, com uma agenda que inclui um seminário económico luso-chinês, no qual deverão ser assinados acordos bilaterais. Marcelo Rebelo de Sousa iniciou esta visita segunda-feira, em Pequim, onde foi recebido pelo Presidente e pelo primeiro-ministro chineses, e viajou nessa noite para Xangai, a "capital" económica da China, onde estará menos de 24 horas.

Partilhar

O Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, destacou o estreitamento das relações políticas entre Portugal e a China, dando como exemplo a elevação da "parceria estratégica" para um patamar de "diálogo constante comum", enquanto o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, reafirmou a disponibilidade de Pequim para reforçar a cooperação com Lisboa "em todos os setores".

Partilhar

Portugal e a China formalizam hoje, através de um memorando de entendimento, um novo patamar nas relações bilaterais, que passam da parceria estabelecida em 2005 para um "diálogo estratégico", com contactos anuais. O "memorando de entendimento sobre diálogo estratégico entre Portugal e a República Popular da China" é formalizado no Grande Palácio do Povo, em Pequim.

Partilhar

Notícias (169)

  • <
  • Pág 1 de 17
  • >