Pub

NISSAN

Fuga de Ghosn aconteceu depois de semanas de planeamento

Conselheiros do ex-presidente da Nissan analisaram o que aconteceria se ele fosse para França, Brasil ou EUA. A fuga de Carlos Ghosn do Japão para o Líbano ocorreu depois de semanas de planejamento por parte de colaboradores que pretendiam levar o ex-executivo do setor automotivo para um país que acreditassem oferecer um ambiente jurídico mais favorável para julgar as alegações de irregularidades financeiras contra ele, segundo pessoas familiarizadas com o assunto.

Partilhar