Pub

Mulheres que estudam em algumas das melhores universidades da China estão a vender os seus óvulos por um preço até 100 mil yuan (13.000 euros) cada, revelou esta segunda-feira, 13 de maio, o jornal chinês Beijing Youth Daily. Apesar de a lei chinesa proibir o comércio de óvulos humanos, a procura por casais que não podem ter filhos continua a ser alta, segundo o diário. O desempenho académico, altura e aparência são as três características mais valorizadas. Mulheres que possuem essas características conseguem cobrar até 100 mil yuan. As doadoras "comuns" recebem cerca de 10.000 yuan (1.300 euros). Há também [...]

Partilhar

Notícias (73)

  • <
  • Pág 1 de 8
  • >