Pub

O Flamengo rebateu nesta terça-feira acuações dos advogados que representam sete famílias das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu, que matou dez jogadores das categorias de base do clube e deixou três feridos no último dia 8 de fevereiro. Horas antes da manifestação oficial do clube, representantes legais de familiares dos atletas alegaram, em uma entrevista coletiva, que até agora não foram procurados por representantes do time rubro-negro. Eles também reclamaram da falta de atenção do Fla com a situação vivida pelas famílias.

Partilhar

Notícias (74)

  • <
  • Pág 1 de 8
  • >