Pub

Scott Chiang defende que a invasão no Parlamento de Hong Kong por parte de alguns jovens foi um ato de desespero. O ativista diz que a inação do Governo teve como objetivo mudar o ónus da culpa e teme que o movimento desemboque numa escalada de violência com mártires. "É isso que temos de evitar", apela.

Partilhar

Os atos de vandalismo no Conselho Legislativo de Hong Kong foram alvo de ampla condenação. Mas é preciso não esquecer a raiz dos problemas, afirma o analista Andrew Leung. Movimento social e Governo estão numa encruzilhada. Reforma política pode indicar o caminho.

Partilhar

Notícias (134)

  • <
  • Pág 1 de 14
  • >