Pub

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), afirmou pelo Twitter que vai apurar "com rigor" a denúncia de que um grupo de policiais militares invadiu o Hospital Getúlio Vargas, na Penha (zona norte do Rio), um dia após a morte da estudante Ágatha Félix, para exigir dos funcionários a entrega da bala que matou a menina, no Complexo do Alemão (zona norte do Rio).

Partilhar