Pub

Hong Kong

Chefe do executivo forçada a interromper discurso

Na intervenção que proferiu nesta quarta-feira perante o Parlamento da região, a chefe do executivo de Hong Kong, Carrie Lam, foi interrompida por eleitos pró-democracia e teve de concluir o discurso à porta fechada. No balanço anual da sua atuação, Lam não mostrou qualquer abertura face às reivindicações do movimento que alastra no território desde junho.

Partilhar